fbpx
Av. Água Branca, 988. Bairro Água Branca . Contagem
31 3010.0300

A azia é um problema que tem afetado vários brasileiros. No entanto, algumas mudanças no dia a dia podem te ajudar a combater esse problema tão desagradável.

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), 20 milhões de brasileiros lidam com a queimação estomacal causada pela azia. A azia é caraterizada por uma sensação de queimação que se irradia do estômago até o peito. Esse desconforto é causado pelo refluxo do ácido gástrico (responsável pela digestão dos alimentos). É muito importante que as pessoas se mantenham alerta na frequência em que esse quadro ocorre, pois pode ser um sinal de problemas mais graves.

O tratamento para azia pode incluir o uso de medicamentos, no entanto, especialistas aconselham que uma mudança nos hábitos alimentares pode vir a ser muito mais eficaz do que o uso de medicação. Pensando nisso, reunimos aqui algumas dicas para que você possa mudar seus costumes na hora de se alimentar para evitar a azia e poder aproveitar uma boa refeição.

1. Selecione bem os alimentos.
Ser cuidadoso na escolha dos alimentos durante as refeições pode ajudar muito para que você não apresente quadros de queimação estomacal. De acordo com especialistas, frituras, alimentos gordurosos, frutas ácidas, condimentos e embutidos devem ser evitados por aqueles que sofrem com azia.

2. Atenção aos horários!
Uma outra dica muito importante para evitar a azia, é se alimentar corretamente durante o dia. Ficar longos períodos em jejum, aumentam as chances da sensação de desconforto estomacal. Isso acontece porque ao ficar muito tempo sem comer, o ácido gástrico acumula no estômago e pode refluir, causando irritação no esôfago. Por isso, é aconselhado se alimentar de três em três horas.

3. Não exagere na quantidade
De acordo com os especialistas, um outro fator que pode causar azia, é o exagero na hora de se alimentar. Isso acontece, pois quanto maior a quantidade de alimentos ingeridos em uma só refeição, maior é o risco que o suco gástrico atinja o esôfago. Por isso, pegue leve nas refeições. Não fique com fome, mas também não precisa transbordar o prato, né?!

4. Nada de cafezinho
Um hábito muito comum entre as pessoas é tomar um cafezinho depois do almoço. No entanto, para aqueles que sofrem com azia, esse costume deve ser evitado. Segundo especialistas, a cafeína causa um relaxamento no esfíncter, causando o refluxo do ácido digestivo para o esôfago.

Depois de todas essas dicas, é certo que você vai espantar a azia. No entanto, como já mencionamos acima, se o seu quadro persistir e a dor se agravar, procure um médico o mais rápido possível e evite problemas com a sua saúde. Lembre-se: se cuidar é muito importante!

Deixe seu comentário.